HomeAluno OnlineDocente OnlineBlackboardBiblioteca

Ensino Histórico Administração Regimento No Comando Dirigentes Instalações Galerias IESB na Mídia NAAD Comissão Própria de Avaliação Conheça um pocuo mais do IESB Código de Ética Atos Legais Trabalhe Conosco

Extensão Graduação Pós-Graduação

Resultado Cupom Amigo Transferência/Graduados

FIES FIES ProUni Taxas Calendário Acadêmico Sistema de Avaliação Informações Importantes Dúvidas Frequêntes

Estágios e Empregos Relação de Convênios





Programa

Destinado à concessão de bolsas de estudo integrais e bolsas de estudo parciais (meia-bolsa) para cursos de graduação e seqüências de formação específica, em instituições privadas de ensino superior, com ou sem fins lucrativos.

Quem pode se candidatar

Para concorrer a uma bolsa de estudo, o estudante precisa ter participado do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) e apresentar renda familiar per capita de até três salários mínimos. Além disso, precisa obedecer a um dos critérios a seguir:

  • Ter cursado o ensino médio completo em escola pública.
  • Ter cursado o ensino médio completo em instituição privada com bolsa integral.
  • Ser portador de necessidades especiais.
  • Atuar como professor da rede pública de educação básica, no efetivo exercício do magistério e integrando o quadro de pessoal permanente da instituição, desde que esteja buscando vaga em curso de licenciatura ou de Pedagogia. Neste caso, a apresentação de renda familiar per capita de até três salários mínimos não é necessária.

Tipos de Bolsa

Os estudantes que atenderem aos critérios definidos no programa podem concorrer a dois tipos de bolsa de estudo:

  • Instituições com fins lucrativos e sem fins lucrativos não beneficentes:
    • Bolsa integral: o estudante deverá ter renda familiar per capita de, no máximo, um salário mínimo e meio.
    • Bolsa parcial (meia bolsa): o estudante deverá ter renda familiar per capita de, no máximo, três salários mínimos.
  • Entidades beneficentes de assistência social:
    • Bolsa integral: o estudante deverá ter renda familiar per capita que não exceda o valor da mensalidade do curso pretendido, limitada a três salários mínimos.
    • Bolsa parcial (meia bolsa): o estudante deverá ter renda familiar per capita de, no máximo, três salários mínimos.

Onde se inscrever

As inscrições dos candidatos ao ProUni serão realizadas exclusivamente pela Internet, no endereço www.mec.gov.br.

Todas as instituições de ensino superior credenciadas no ProUni oferecerão acesso à Internet a qualquer candidato. Além disso, o ProUni tem uma rede de parceiros que disponibilizará acesso à Internet aos candidatos de sua comunidade. Para conhecer o local mais próximo da residência do estudante, ligue para o 0800 616161.

Processo seletivo (Realizado em duas etapas)

  • pré-seleção: o MEC fará uma pré-seleção com base no resultado do Exame Nacional do Ensino Médio – Enem.
  • etapa final: obedecendo à pré-seleção do MEC, a instituição de ensino superior poderá realizar a seleção final segundo seus próprios critérios, sendo proibida a cobrança de taxa.

Resultado da pré-seleção

A classificação na pré-seleção será feita pelo resultado da média entre os resultados da prova de conhecimento e de redação do candidato no Enem. Assim, os estudantes com as melhores médias em cada curso/habilitação serão pré-selecionados dentro do número de bolsas disponíveis.

Os resultados serão divulgados nos seguintes locais:

  • No endereço do Ministério da Educação na Internet: www.mec.gov.br.
  • Em consulta eletrônica ao telefone 0800 616161, mediante a informação do número de inscrição do Enem.
  • No e-mail cadastrado pelo aluno na ficha de inscrição.

Pré-seleção - Comprovação de informações - Candidatos pré-selecionados

Os candidatos deverão comparecer à instituição de ensino superior na qual tenham sido pré-selecionados para a comprovação das informações prestadas na ficha de inscrição.

Pré-seleção - Reclassificação de candidatos - Comprovação de informações

Os candidatos que não tenham sido pré-selecionados na primeira etapa do processo seletivo do ProUni devem acompanhar o resultado da comprovação de informações nas instituições de ensino, pois com a reprovação de um candidato pré-selecionado será reclassificado o próximo candidato não pré-selecionado, dentro da ordem de classificação do curso/habilitação.

Os candidatos que tenham sido reclassificados, em função da reprovação de um candidato pré-selecionado, deverão comparecer à instituição de ensino superior para comprovarem as informações prestadas na ficha de inscrição.

Seleção da instituição de ensino para etapa final do processo seletivo

As instituições de ensino superior poderão realizar uma seleção final dos candidatos pré-selecionados pelo Ministério da Educação. Para tanto, deverão informar aos pré-selecionados a data e o horário de comparecimento para a realização da avaliação final.

Os estudantes poderão verificar no endereço www.mec.gov.br as instituições que optaram por realizar a seleção final.

Mais informações

  • Número da inscrição no Enem – caso o estudante tenha perdido o número de inscrição, haverá uma opção de ajuda para recuperação dessa informação no sistema de inscrições do ProUni
  • CPF – o Banco do Brasil, a Caixa Econômica Federal e a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos são conveniados da Receita Federal para a emissão do cartão CPF.
  • Dados sobre o grupo familiar – pessoas relacionadas pelos seguintes graus de parentesco (considerados a partir do candidato): mãe, madrasta, pai, padrasto, cônjuge, companheiro(a), filho(a), enteado(a), irmão/irmã, avô/avó. Essas pessoas poderão ser consideradas membros de uma mesma família, desde que residam na mesma moradia do chefe do grupo familiar, usufruam da renda bruta mensal familiar e atendam a uma das seguintes condições:
    • Se possuírem rendimentos individuais, que tenham sido declarados na composição da renda bruta mensal familiar.
    • Se não possuírem rendimentos individuais, que possam comprovar relação de dependência por meio de documentos emitidos por órgãos oficiais (Receita Federal, INSS) ou pela fonte pagadora dos rendimentos de qualquer um dos componentes do grupo familiar.
  • Renda bruta – o somatório dos valores brutos de salários, proventos, pensões, pensões alimentícias, aposentadorias, benefícios sociais, comissões, pró-labore, outros rendimentos do trabalho não assalariado, rendimentos do mercado informal ou autônomo e rendimentos auferidos do patrimônio de todos os membros do grupo familiar, incluindo o candidato.
  • As informações acima descritas deverão ser comprovadas pelo candidato na instituição de ensino na qual ele venha a ser pré-selecionado.

  • Opção de bolsa pretendida – integral ou parcial.
  • Opções de cursos/instituições – o candidato poderá indicar até cinco opções de instituição, curso, habilitação e o turno em que deseja obter uma bolsa do ProUni.
      Os resultados serão divulgados nos seguintes locais:
    • No endereço do Ministério da Educação na Internet: www.mec.gov.br.
    • Em consulta eletrônica ao 0800 616161, mediante a informação do número de inscrição do Enem.
    • No e-mail cadastrado pelo aluno na ficha de inscrição.

Candidatos pré-selecionados

Os candidatos deverão comparecer à instituição de ensino superior na qual tenham sido pré-selecionados no período determinado pela instituição, para a comprovação das informações prestadas na ficha de inscrição.

Reclassificação de candidatos

Os candidatos que não tenham sido pré-selecionados devem acompanhar o resultado da comprovação de informações nas instituições de ensino. Se houver reprovação de um candidato pré-selecionado, será automaticamente reclassificado o próximo candidato não pré-selecionado, dentro da ordem de classificação do curso/habilitação.

Desvinculação de curso

Ocorrerá a desvinculação quando o curso for considerado insuficiente, segundo os critérios de desempenho do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior – Sinaes, por três avaliações consecutivas.

Políticas afirmativas

Há cotas para negros e indígenas. O percentual terá que ser, no mínimo, o percentual de cidadãos autodeclarados pretos, pardos e indígenas no último censo do IBGE de cada estado.

voltar

Facebook


Campus Norte – Giovanina Rímoli. SGAN 609 – Conjunto D – Av. L2 Norte – CEP 70.830-404 Brasília DF
Campus Sul – Edson Machado. SGAS 613/614 – Lotes 97 e 98 – Av. L2 Sul – CEP 70.200-730 Brasília DF
Campus Oeste – Liliane Barbosa. QNN 31 – Áreas Especiais B/C/D/E – Ceilândia Norte. CEP 72.225-315 Ceilândia DF
Call Center: (61) 3340-3747
© 2009/2014 IESB - Núcleo de Informática - Todos os direitos reservados.